Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
vzdjosef7288504

Superior Guru Do Marketing Digital Revela Segredo Do Sucesso E Mais Em Entrevista


Panini Lança álbum Da Copa; Acesse As Novidades E Escalação Da Seleção Brasileira


“Todo chinês é taoísta em moradia, confucionista na rua e budista na hora da morte”. http://www.msnbc.com/search/digital+marketing , esse ditado chinês resume a complexa espiritualidade da nação mais antiga do mundo. Em seus 5 1 mil anos de história, a China teve a alma moldada pelos livros dessas três doutrinas, surgidas há mais de vinte séculos. comprar curtidas instagram , apesar do vertiginoso desenvolvimento econômico que moderniza a nação a toque de caixa, quem quiser perceber a China de hoje deve voltar o ver para o passado afastado.


Enquanto arranha-céus e canteiros de obras mudam a face das milenares metrópoles chinesas, Confúcio, Tao e Buda ainda explicam muito sobre isso os chineses e sua conexão com o universo. Ao invés se excluírem, estas doutrinas se misturam como ingredientes de uma robusta salada espiritual - a chamada “religião convencional chinesa”, que inclui de filosofia e regras de etiqueta a magias, talismãs e reencarnação. fonte deste post /p>

Nas próximas páginas, você vai compreender como se formou essa tríade sagrada, cujas origens se perdem na lenda e cujos ensinamentos regem a existência de mais de 1 bilhão de pessoas. Num nação em que compreensão conta mais que santidade, nenhum sábio desfruta de em tal grau prestígio quanto Kung-Fu-Tzu - o “Venerável Mestre Kung”, bem como popular por teu nome latinizado, Confúcio.


Nascido no século cinco a.C. - uma Benefícios Do Marketing Digital de brigas, fome e miséria -, Confúcio estava mais interessado em reformar o universo dos homens do que em desvendar os mistérios do Mundo. 10 Passos (e Preços) Pra Abrir Tua Própria Loja Virtual de Confúcio se baseia no conceito de ren, termo que pode ser traduzido por “benevolência” ou “humanismo”. Para ele, um sábio precisa medir tuas ações tendo em visibilidade o bem da humanidade - tanto as gerações presentes quanto as futuras. Este apelo ao altruísmo universal se resume na máxima cunhada pelo mestre 400 anos antes de Jesus Cristo: “Não faças aos outros o que não desejes que te façam”.


Outro conceito primordial do confucionismo é o li, que podes ser traduzido como “ordenamento social”. https://comprarseguidor.com só poderia haver harmonia entre os homens se cada indivíduo seguisse à risca as normas de sua nação - incluindo respeito à hierarquia e etiqueta. “Socialmente - ou melhor, ‘na rua’ - o chinês moderno ainda é profundamente confuciano”, diz o sinólogo André Bueno, do Departamento de História e Filosofia da Faculdade Estadual de Combinação de Vitória, Paraná.




O apreço pelas regras de etiqueta podes parecer inusitado aos olhos de outros povos - um tipo de choque cultural que ocorre com freqüência entre empresários ocidentais que irão fazer negócios pela China. Um exemplo bem atual da obsessão confuciana por estes protocolos: entre os chineses, cartões comerciais necessitam ser apresentados com os braços estendidos, uma suave reverência com a cabeça e a palma das mãos voltadas pro interlocutor.


Quem entrega teu cartão com displicência se arrisca a arruinar transações biliardárias. Apesar de sua intervenção a respeito da espiritualidade chinesa, o confucionismo está mais pra filosofia ética do que religião. Confúcio nada citou sobre existência após a morte, e há quem responda que era ateu. Para Kung-Fu-Tzu, o sábio deveria fazer o bem pelo bem, sem aguardar recompensas divinas.


O que soou muito bizarro pros missionários cristãos que chegaram à China por intermédio do século 15 e passaram a contar o confucionismo como “religião oficial” do povo. É verdade que o cético e pragmático mestre Kung pregava o respeito aos cultos habituais como forma de coesão https://virtualforos.com . Contudo foi nas algumas duas faces da tríade, o taoísmo e o budismo, que a alma chinesa saciou seu apetite na transcendência.


Tags: Esta página da Web

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl